terça-feira, 23 de junho de 2015

Mnemosyne

18:00:00 Escrito por Nyu , , ,
Não sei o que eu fiz da minha vida para poder assistir isso.


Esse foi um dos animes que escolhi de forma mais aleatória da vida para assistir: após terminar de ver Perfect Blue, no mesmo canal em que eu assisti, tinha uma listagem com esse nome estranho, e resolvi ver. É, percebam o quão criteriosa eu sou, pesquisando sobre o anime, quem foram os criadores, o estúdio que produziu, o ano, quantos episódios e temporadas tem, até mesmo resenhas e críticas para ver se valia a pena... risca e inverte tudo!

Mnemosyne é uma Titãnide deusa da memória e da lembrança, e inventora das linguagens e letras. Como filha de Urano (o Céu), Mnemosyne também era deusa do tempo, representando a memorização mecânica antes da invenção da escrita, para preservar histórias e saga de mitos.

Neste papel, ela era representada como a mãe das Mousai (Musas), originalmente deusas patronas dos poetas da tradição oral. Mnemosyne era uma deusa oracular menor como suas irmãs-Titãnides. Ela presidiu o oráculo subterrâneo de Trophonios em Boiotia. A Titãnide Mnemosyne às vezes era descrita como uma das três Elder Titan Mousai (Musas), que precederam as nove filhas de Zeus como deusas da música.

E isso é a história do anime? Não, só coloquei como curiosidade.

Mnemosyne é um OVA de 6 episódios produzido em 2008 por Xebec e Genco em comemoração dos 10 anos da TV AT-X, que acabou  gerando uma light novel e um mangá. De clima noir, ele pode ser considerado pesado para jovens mais sensíveis, já que mistura violência, sadomasoquismo, gayzice e nudez em um só lugar, e não é recomendando para menores, como se minha advertência fosse surtir efeito em alguém menor de idade.

E afinal, do que se trata? Irei contar por episódios sem dar MUITO spoiler.


História

Essa é a história de Rin Asogi, uma mulher que trabalha como investigadora particular, resolvendo casos pequenos como encontrar pessoas, gatos e coisas perdidas, mas que de vez ou outra consegue se enfiar em casos complexos e confusos. Trabalha com Mimi, sua secretária, ótima hacker e companheira. O anime se passa em várias épocas, cada episódio contando um caso complicado em que Rin se meteu. O primeiro é em 1990, após trombar com um rapaz perdido, e salvá-lo de uns seguranças que queriam levá-lo para um lugar desconhecido, Rin passa a protegê-lo e ajudar a descobrir o porque ele está sendo perseguido e porque sua vida parece tão confusa. O negócio vai piorando cada vez mais, até percebemos que Rin é imortal, e não importa o que acontece com seu corpo, ela volta como se nada tivesse acontecido.

No segundo episódio, em 1991, temos um novo integrante no grupo, Kouki Maeno, que se vê comprometido a encontrar um anjo que uma menina tinha pedido. Estranhando, ele segue sua investigação procurando saber do que se trata, sem contar a Rin ou Mimi. Enquanto isso, ambas estão a procura de um selo especial que um homem importante estava atrás, mas uma série de assassinatos começa a ocorrer, e descobrimos o que realmente significa “Anjo” nessa história.

Terceiro episódio, estamos no ano de 2011. Uma garota morre de forma estranha na frente de Rin, e investigando o ocorrido, ela chega até acontecimentos que envolvem uma ilha ao redor do Japão com experimentos de armas biológicas que depois de um tempo foi abandonado. Quem está por trás disso é uma conhecida que aparentemente não sabíamos o que aconteceu no primeiro episódio.


Quarto episódio, em 2025 o filho de Kouki, Teruki, entra em uma enrascada após presenciar a morte de uma estrela pornô no meio da rua. Salvo por um policial amigo de Rin, ele leva o garoto até a moça para resolver esse problema. Por Teruki ser filho de seu falecido amigo, a mulher sempre tentou protegê-lo, mas desta vez a coisa ficou muito mais complicado para seu lado. Estamos na era cibernética, o mundo real e o virtual podem se misturar com os equipamentos específicos, algo que talvez muitos sempre sonharam que aconteceria um dia. Vigilância 24hrs na rua, muitos Hikikomoris que finalmente saíram de seu quarto, mas que continuam em seus mundos, e Mimi se tornando uma Hacker expert, afinal, ela também é imortal.

O quinto e o sexto são episódios conexos, se passando em 2055, Rin perdeu sua memória, mas algo estranho está acontecendo no mundo, e mais anjos estão aparecendo.

Atenção: os próximos tópicos podem conter spoilers sobre a série.

Os Esporos do Tempo

Esporos são unidades de reprodução das plantas, sendo uma célula envolvida por uma parede celular que a protege até as condições ambientais se mostrarem favoráveis à sua germinação. Seguindo essa pequena definição real, os esporos aqui são lançados por uma árvore que interliga o mundo real de um outro mundo chamado Yggdrasil, algo como entre o céu e a terra. Eles são lançados de vez em quando pelas árvores, mas poucos atingem pessoas, e quando as atingem, existem dois efeitos: se for mulher, terá vida eterna, se for homem, virará um anjo.


As Imortais e os Anjos

Imortais são as mulheres que possuem o esporo do tempo em seu corpo. Não importa o que ou como ocorre sua “morte”, elas jamais morrerão. Sofrem as dores da reconstrução, mas, mesmo que seu coração pare de bater, elas voltam a vida logo em seguida. Podem ser atropeladas, levar um tiro, ou se afogar, elas voltarão a vida assim que o corpo se reconstruir o suficiente para isso. É nesse momento em que a gente pensa que ser imortal as vezes não é uma boa ideia. Se você é uma mulher saudável na época em que o esporo te atinge, continuará saudável, se for doente... é, você viverá eternamente doente. Anjos são os homens atingidos pelos esporos. Ao contrário das mulheres, os homens têm somente 2 semanas de vida, mas elevam todos os seus instintos ao máximo.


Como o anime tem um tom erótico, não podia deixar de ter o impacto que ambos tem quando estão próximos. Para que os anjos possam viver mais duas semanas, eles devem comer os esporos que estão nas imortais, e como você deve estar imaginando, sim, eles devem comê-las na forma literal da palavra para poder obter o esporo. Esse é o único jeito de uma imortal morrer, enquanto os anjos morrem se tiverem levado um tiro ou lesão grave.

Mas como as imortais deixam isso acontecer? Elas não podem se defender matando os anjos? Poderiam, se elas não ficassem vulneráveis e sentisse uma atração sexual enorme por eles. Independente de sua sexualidade, as mulheres acabam sentindo uma louca vontade de transar com eles, deixando-as vulneráveis para morrer, há não ser que consiga ter um enorme autocontrole.

Não tem muito o que pensar sobre essa parte do anime, afinal de contas, ele tem um teor erótico grande, até porque as cenas de sexo ao menos tem algum motivo de estarem acontecendo, ao contrário de animes hentais que em maioria dão um foda-se para tudo para... exatamente isso.

Personagens

Rin Asogi


A protagonista. Ela tem uma agencia de investigação particular que trabalha em procurar ou investigar coisas pequenas, pessoas ou fatos, e as vezes consegue descolar trabalhos mais complexos. É uma imortal bissexual que tem uma grande rival que está em seus pés sempre para tentar mata-la. Sempre de terno e gravata, Rin esconde por detrás da alegre aparência uma mente fria e grande astucia, assim como suas ótimas técnicas de luta. Salvou Kouki Maeno de seu estranho destino, ajudou seu filho Teruki a sair de uma enrascada em que se envolveu, ao custo de seu corpo, que foi destruído por completo, demorando 25 anos para ser reconstruindo e voltar a vida, o que a fez perder suas memórias. Ela tem um milênio de anos.

Mimi


É a assistente de Rin. Assim como sua chefe, ela é imortal, e tem uma mente brilhante, principalmente para computadores, se tornando uma ótima hacker conforme o tempo passava. Tem aparência de adolescente, mas é uma beberrona e possui uma aproximidade muito intima com Rin. Após o sumiço de sua chefe, Mimi se tornou uma sacerdotisa budista. Ela sente que precisa ajudar Rin, afinal, esta lhe salvou quando estava prestes a ser devorada por um anjo, e desse dia em diante resolveu andar com ela para ajudar em tudo o que for necessário. Ela tem uma forte motivação de proteção para com Rin, e isso a faz ter determinação de encontra-la a todo custo. Não se sabe a idade dela.

Família Maeno


Kouki era um rapaz que tinha estranhos sentimentos para com sua família. Ele descobre que é um clone feito pela Companhia Farmaceutica Aoyama. O verdadeiro Kouki Maeno morreu durante um experimento que envolveu sua vivissecção. Sua memória carece de realismo, pois é, na verdade, a memória do Kouki original escrito em seu cérebro por meios artificiais. Depois de descobrir a verdade, ele optou por se manter vivo e começou a trabalhar na Consultoria Asogi , onde ele passou os próximos 21 anos. Algum tempo entre os episódios dois e três, ele se casou com Yuki Shimazaki e teve um filho chamado Teruki. No episódio três, ele é baleado por Sayara ao resgatar Rin, e tem que consumir um esporo de tempo, a fim de sobreviver como um anjo. Depois de salvar Rin, ele retorna para consumir Sayara, mas é morto por Apos antes que possa terminar. Seu esporo era o que  infectou o irmão de Yuki.


Teruki é filho de Kouki com Yuki. Ele se envolveu em um crime por ver que sua artista porno foi morta a sua frente, apesar de ter sido muito estranha. Foi protegido por Rin desde criança, evitando com que algo de ruim acontecesse com ele. Após alguns anos e com os problemas resolvidos, se tornou um dono de uma enorme companhia, e teve Mishio como filha.


Mishio é filha de Teruki. Encontrar um vídeo antigo de Rin, e começa a investigar sobre a misteriosa mulher, frequentemente comparando-se a Sherlock Holmes. Após alguns envolvimentos, acaba se juntando com Mimi para encontrar a mulher desaparecida.

Apos


É um hermafrodita que possui tanto o aspecto de um anjo como a de uma imortal, que, segundo ele, o faz um "deus". Só tem interesse em imortais e anjos. Parece ter nenhum conceito de moral humana, tendo um senso de diversão sádica. Apos parece ter algum interesse misterioso em Rin, a tal ponto de contratar assassinos para atingir as pessoas próximas a ela. Aparentemente, os esporos de tempo contêm memórias das imortais, o que faz Apos consumi-los por puro prazer. Também é revelado que ele tem a capacidade de remover imediatamente os esporos (e assim matar) de imortais e anjos.  Ele é o novo Guardião de Yggdrasil e escolheu Rin para ser sua noiva. Guardiões devem ser trocados de tempo em tempo, mas Apos deseja tornar-se um guardião permanente, sacrificando a mulher para Yggdrasil e concluir seu objetivo.

Laura


Embora Rin mate Laura em cada encontro, Apos ressuscita-a para que ela possa atacá-la novamente. Se torna um cyborg, embora sobre sua transformação é deixada sem explicação. Laura era uma imortal, mas foi capturada por Apos, teve seu corpo preso por ele para que assim pudesse controlar um corpo robótico similar a Rin. Não se sabe o motivo dela querer matar tanto a protagonista.

Sayara Yamanobe


Originalmente pesquisava bactérias, ela descobriu que poderia ser a chave para a clonagem, começou então a conduzir experimentos de clonagem ilegais com o objetivo de alcançar a imortalidade. Ela tem uma personalidade sádica, torturar e matar seus prisioneiros. Sayara é vista pela última vez no episódio 1 sendo cercada pelos zumbis que ela criou. No episódio 3, ela se revela ter sido salva por Apos no último momento, que colocou um esporo do tempo depois de seu corpo já estava bastante mutilado. Como resultado, ela ficou com o corpo debilitado e esperou 21 anos até aparecer um exoesqueleto potente capaz de faze-la suportar suas dores. Depois de um último confronto com Rin e Maeno, ela foi morta.
Tajimamori


Tajimamori era o antigo Guardião de Yggdrasil e pai de Apos. De acordo com uma lenda, ele foi encarregado por um imperador de encontrar uma fruta do tempo, baseada em mitos xintoístas. Como um Guardião da Yggdrasil, ele não envelhece, mas não é invulnerável como os imortais. Pode crescer assas angelicais como de Apos e sua presença tem o mesmo efeito de um Anjo sobre as imortais, mas ele não exibe a selvageria primitiva deles. Ele é visto conversando com Rin ao telefone ao longo da série, muitas vezes de maneira íntima ou paternal. É o progenitor da linha Maeno.

Informantes


Sem nome, é uma mulher que consegue muitas informações preciosas, e não se sabe como as consegue, mas sempre as tem. No entanto, para obter essa informação, ela cobra uma noitada em sua casa, o que pode incluir alguns estranhos fetiches. Só serve para aqueles momentos de sexo no anime, afinal, sua relevância não é tanta. Tem uma parceira que compactua com suas taradices lésbicas.

Produção Técnica

Sobre a parte técnica do anime, os desenhos são bem feitos, de alta qualidade e sem poses bizarras ou caras estranhas, em nenhum momento a animação fica a desejar, os cenários são bem feitos, a transição de um ano ou década para outro é ótimo, dando para sentir a diferença tecnológica e de vida de cada época, assim como a adaptação das duas imortais principais.

Tirando a música de abertura, que por sinal é muito boa, a trilha sonora não foi muito prestativa, as vezes nem se nota que ela exista, apesar da animação ser uma beleza, as músicas não eram marcantes.

Minha Opinião

Vi despreocupadamente e fui entendendo as coisas durante o anime, ele é fácil de entender, eu curti muito os primeiros episódios, mas quando chegou no 5º e 6º episódio, acabei me decepcionando por onde ele andou, não pela história, que ficou interessante, mesmo que batida e final cliché  mas sim no rumo que Rin seguiu. Sabe aquele tipo de personagem forte e independente que demonstra ter grande poder e autocontrole com todas as situações? Pois é, Rin deixa de ser assim e se torna uma personagem comum e clichê típico de shoujo, e isso foi o que me decepcionou profundamente. Afinal, de Furiosa para Bella Swan é pra matar não é?


As cenas de nudez e sexo, e até mesmo de sadomasoquismo não me incomodaram ou foram desnecessárias, afinal, o anime foi feito para isso, e mesmo eu não sabendo aonde eu estava entrando, ainda sim não foram ruins, meio aflitantes em alguns momentos se você é mulher, mas nada que choque.

É um anime legal para ser assistido longe de jovens gafanhotos e dos pais, mesmo que tenha me decepcionado no final, talvez não decepcione outras pessoas. E sim, ele tem alto teor lésbico e alcoólico.