quinta-feira, 3 de março de 2016

Pet Shop of Horrors e .hack//Quantum

12:00:00 Escrito por Lucas Rodrigues , , ,

Conforme crescemos, com trabalho, faculdade, formando uma família, temos cada vez menos tempo para nossos hobbies. Mesmo com a quantidade de animes de 12 episódios saindo nas temporadas, você acaba esquecendo de assistir uma, duas semanas, e depois perde a empolgação de voltar a acompanhar a série. E por isso, hoje decidimos trazer dois animes curtinhos:

Pet Shop of Horrors

Um anime de apenas 4 episódios, produzido pela Madhouse em 1999, conta a história de um pet shop localizado em Chinatown, comandado por um chinês conhecido como Conde D. Apesar de parecer uma loja de venda de animais comuns, alguns compradores acabam adquirindo tipos exóticos de animais que muitas vezes reflete aquilo que está perturbando-os. Mas, para adquirir esses animais, a pessoa precisa seguir a risca três condições, caso contrário, algo acontecerá e a loja não se responsabilizará por futuros danos causados.

Acompanhamos quatro histórias durante esses episódios. Na primeira, um casal adota um coelho depois da morte de sua filha. No segundo, um homem adquire um enorme peixe para cuidar depois que sua esposa morreu no mar no dia do casamento. Na terceira, um jovem ator é encontrado morto com uma lagartixa e a polícia trabalha para tentar entender o que aconteceu com ele. Na última, um assessor precisa ajudar seu assessorado na politica para se tornar o presidente dos EUA, e por isso ele procura por um animal chamado Kirim.

O anime foi produzido pela Madhouse em 1999, baseado no mangá de mesmo nome. Mesmo que o mangá contenha muitas outras histórias, o anime não se torna ruim. Os quatro episódios conseguem construir muito bem a narrativa, deixando um final que consegue gerar surpresa.

.hack//Quantum

Com apenas 3 episódios, produzido pela Kinema Citrus em 2011, esse anime é uma boa introdução a série .hack. Você não conhece essa série? Pois bem então: .hack é uma franquia multimídia que conta com uma tonelada de jogos, animes, novels e mangás. Ela é dividida em dois projetos diferentes: Project .hack e .hack Conglomerate. Quantum faz parte do segundo.

A história de .hack é centrada no MMO The World, que funciona com óculos de realidade virtual e em problemas estranhos que acontecem nesse MMO. Embora eu tenha assistido pouco da série para entender qual é o escopo real do problema, é possível teorizar, depois de assistir Quantum, que alguém está usando uma tecnologia experimental que existe no MMO de modo ilegal, fazendo com que alguns jogadores acabem sendo presos dentro do jogo.

Entretanto, não vamos colocar a carroça na frente dos bois. Quantum apresenta uma porta de entrada agradável para a série porque ele não tenta jogar toneladas de informação em cima do expectador. Você acompanha um grupo de três amigas que jogam para se divertir, e acabam interferindo em uma raid. Os mercenários do grupo colocam um prêmio pela cabeça da personagem principal. A garota acaba conhecendo Heremit, um jogador com avatar de um gato humanoide, e as coisas começam a ficar estranhas, com um mapa esquisito e uma árvore imensa cheia de gaiolas.

Os três episódios são bem divididos em apresentação de personagens, desenvolvimento do problema e o ápice. Embora ele deixe diversas pontas soltas, você ainda tem toda a explicação necessária para entender o que acontece durante esses episódios sem conhecimento prévio. Ele poderia se aproveitar de mais algum tempo para desenvolver melhor a motivação do vilão, embora ele apresente todos os elementos necessários para que o expectador intua o porque ele fez o que fez.

A animação é incrível, e os personagens, apesar de não se desenvolverem tanto, tem características fortes. Embora a conclusão seja um pouco apressada, isso não prejudica a qualidade geral da obra. Se você é curioso, entretanto, cuidado: os ganchos provavelmente serão o suficiente para te fazer querer mergulhar de cabeça na série e entender melhor o que está acontecendo naquele universo.